Nossa História

No dia 17 de março 1978, quando o relógio marcou  dezoito horas e cinco minutos, a Rádio Cruzeiro do Sul Itaqui Ltda, iniciou as atividades radiofônicas em Itaqui e região. Foi exatamente nesta hora que depois de dois meses em caráter experimental a Rádio Cruzeiro do Sul recebeu liberação do Ministério das Comunicações para atuar em definitivo no sistema de radiodifusão na freqüência de 1.480 Khz, 1,0 Kw na antena onidirecional, com o prefixo ZYK-325, estúdios instalados na Avenida Independência, 1233, altos da Eletromager.

O ato inaugural contou com a presença dos representantes do Ministério das Comunicações, Eng. Yapir Marotta e do então Departamento Nacional de Telecomunicações – DENTEL, do itaquiense Dr. Mário César Degrazia Barbosa, autoridades, convidados especiais, sócios e a primeira equipe de funcionários.

Após a inauguração oficial foi servido um coquetel a todos os presentes e o primeiro locutor da emissora Nei dos Santos Marques oficializava através do microfone a liberação em definitivo da Rádio Cruzeiro do Sul, que passava a integrar o sistema de radiodifusão nacional.

Foram pioneiros nesta retomada do rádio em Itaqui, um grupo de pessoas formada pelos Srs. Lydio Carneiro da Silva, na época Prefeito Municipal; Dr. Loli Flores Silva, advogado; Ademar Peitter, técnico eletrônico; e o empresário José Inácio Dornelles, que veio a ser o primeiro Diretor-Presidente da Rádio Cruzeiro do Sul.

A equipe  na época era composta por Nei Marques e seu “Tarde Espetacular”; Newton Sérgio Souza e sua técnica maravilhosa; Luis Mário Osório apresentando os programas gaúchos “Assim amanhece o Pampa” e “Roda de Chimarrão“; Ceneu Salcedo com o correspondente “Itrasa de hora em hora” e a “Frente Ampla de Notícias”, ao meio-dia.

Os dois irmãos José Hector Dornelles e Ramón Victor Dornelles que esbanjavam categoria como técnicos de som; a secretária-executiva Sônia Nunes, que recebia a todos com um sorriso de alegria.

Também pode lembrar perfeitamente dos primeiros contratos que aportaram ao departamento comercial da emissora sob a responsabilidade do Professor Wilson Corrêa, Camil (Cooperativa Agrícola Mista Itaquiense Ltda) (Informante Camil) e Joalheria Ruschel que informava a hora certa.

Com certa ponta de melâncolia, podemos também citar outros anunciantes que participaram comercialmente com a Rádio Cruzeiro do Sul; Exemplo: Livraria Tupy, Depil (Derivados de Petróleo Itaqui Ltda), CRIL (Comercial Representações Itaqui Ltda), Casa Jacques S/A, Madeireira Itaqui Ltda, COOPIL (Cooperativa dos Fazendeiros), Casas Pernanbucanas, Farmácia Universal, Churrascaria Itaqui, Ferragem Fronteira, Farmácia São Jorge, Super Mercado Sanches, Farmácia São José, Casa Gêco, Padaria Mello e Cines Centenário e São Marcos.

O primeiro cobrador da emissora, que com Sol ou chuva, a pé ou de bicicleta visitava os anunciantes (comércio e indústria), estudante na época o jovem Edmundo Brod Cacciatori orgulhava-se de trabalhar na primeira equipe da Rádio Cruzeiro do Sul. Foi operador de áudio nos primeiros seis meses da Rádio Cruzeiro do Sul o hoje Oficial do Cartório de Registro de Imóveis, Arlindo Siqueira Dias.

A Rádio Cruzeiro do Sul em uma segunda etapa aumentou sua potência de transmissão de 1,0kw para 2,5Kw com isso sua número no dial mudou para 1.110 Khz, esta  permanecendo até hoje.

Não é possível chegar aos 42 anos da Rádio Cruzeiro do Sul, sem lembrarmos de profissionais que aqui passaram  como Nei dos Santos Marques, Newton Sergio Souza, Manoel Moreno, Eli Roque Belmonte (lelé), Rubens Sofildo Silva, Osmar Santos, Rui Soares, Sezefredo Iglesias e João Rossi Nery.

Nestes 42 anos a Rádio Cruzeiro do Sul teve três fases distintas quando em períodos diferentes seus estúdios funcionaram nos seguintes locais: No período de março de 1978 a abril de 1983, na Avenida Independência (ELETROMAGER), de maio de 1983 a junho de 1993 na rua Bento Gonçalves, Edifício Righi, de julho de 1993 até 2018, na Borges do Canto nº 1056 e atualmente está na D. Pedro II 1578.

Durante estes 42 anos a Cruzeiro do Sul foi participante e a voz de Itaqui em centenas de grandes acontecimentos, transmitindo em todo o Brasil e também nos Países da América do Sul.

Também nesta hora vale destacar a parceria que a Rádio Cruzeiro do Sul teve do comércio, da indústria, da  pecuária e da agricultura em todos esses anos, respaldando a área comercial para manutenção da emissora.

A Rádio teve 5 diretores sendo o 1º José Inácio Dornelles, 2º Lidio Carneiro da Silva, 3º Dirceu José Quartieiro, 4º Éric Sanchotene e hoje a  Rádio  está  sob a direção de GETÚLIO SANCHOTENE que assumiu  a direção da  emissora, recebendo  o bastão  do empresário Eric Sanchotene que por 2 anos e meio comandou  a emissora da Comunidade.

Rádio Cruzeiro do Sul – Todos os Direitos Reservados